Artista plástica retrata a chegada dos açorianos em Viana Com obras que transitam entre o virtual e o tempo real, a exposição ‘Viana, Uma Visagem Açoriana’ da artista plástica Nina Medeiros, ficará em cartaz na Galeria de Arte Casarão, em Viana, até 12 de dezembro. A mostra conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e do Instituto Sincades. A entrada é franca.

http://www.es.gov.br/Noticias/155197/artista-plastica-retrata-a-chegada-dos-acorianos-em-viana.htm

Anúncios

Projeto com selo da Lei Rouanet Patrocínio da Vale e Cesan, Parceria Instituto Sincades e Governo do Espírito Santo/Secult, Realização da Prefeitura de Viana

 

Coordenação e Curadoria de Neusa Mendes

Coordenação do Programa Educativo de Mara Perpétua

Projeto: Remembranças, Mas que Arte Cabe em uma Cidade?
Exposição: Viana, uma Visagem Açoriana
Data: Até 12 de dezembro 2012.
Horário: 9h as 18h, incluindo sábados, domingos e feriados
Local:  Galeria de Arte Casarão – Avenida Florentino Ávidos, Centro, Viana.
Responsável pelas visitas agendas: Carla
Telefone de informações e agendamento de visita: 3255-1346
Email: gac@viana.es.gov.br

Acompanhe: https://arteepatrimonio.wordpress.com/

ENTRADA FRANCA

 Remembranças? O que mais os seres humanos gostam de fazer é guardar, arquivar, de alguma forma as lembranças dos seus momentos, das suas experiências, encontros, lugares visitados… Sim, pensando assim, a coordenação da Exposição ‘Viana, uma Visagem Açoriana’, da artista plástica Nina Medeiros em cartaz na Galeria de Arte Casarão de Viana, propõe um projeto educativo para os visitantes interativo e artístico. Através de caixas moduladas, onde em dois dos lados se veem fragmentos das obras da Nina Medeiros, e nos outros o espaço é livre para a manifestação artística de crianças, adolescentes e adultos.

O cubo, ao final dos exercícios práticos monitorados, se transforma em peças únicas dos visitantes e transformados em pequenas obras de arte. O visitante, querendo, poderá deixar a ‘sua obras de arte’ no Casarão ou levar como uma ‘Remembrança’, ou se preferir, uma recordação dessa viagem pelo mundo dos Açores e de Viana, pelo olhar de Nina Medeiros e, claro, do visitante.

PROJETO EDUCATIVO

– Reconhecem algumas destas imagens pintadas, fotografadas ou desenhadas por Nina Medeiros? Onde as viu? Estão na sua memória/lembrança?

A Sala do Casarão se constitui em um espaço de interatividade, com a proposta lúdica de construção de um cubo com imagens da artista em exposição e espaços vazios para intervenção dos visitantes (lugar da memória): desenhar, dobrar (escolhendo o que será externo/visível e interno/invisível) e colar, construindo um objeto pequeno (05X05X05cm) e delicado (já muito conhecido, usado por crianças, jovens e adultos em brincadeiras e jogos), repleto de afeto e significado.

Os visitantes poderão deixar a miniatura/cubo nas prateleiras (junto com outros cubos, formando um grande empilhamento) ou levá-lo para casa para juntá-lo a seus objetos pessoais.

E.mail: apsgoncalves@gmail.com ou diretoria@cccweb.com.br

Kriar Assessoria de Comunicação

Telefone: (27) 9917-3808

http://www.kriarcomunicacao.blogspot.com 

Facebook: http://facebook.com/kriar.assessoria.comunicacao

Tiwtter: kriar_kriar

Mediação cultural: provocações estéticas na exposição de Nina Medeiros.

Estas podem ser reflexões provocativas…– O que pode querer dizer “remembrança”?- Alguém se lembra de alguma viagem significativa que tenha feito fez? Tem alguma imagem na memória desta viagem? Do que se lembra? Tirou fotografias? Por quê? Para que servem as fotografias?

– Reconhecem algumas destas imagens pintadas, fotografadas ou desenhadas por Nina Medeiros? Onde as viu? Estão na sua memória/lembrança?

A Sala do Casarão se constitui em um espaço de interatividade, com a proposta lúdica de construção de um cubo com imagens da artista em exposição e espaços vazios para intervenção dos visitantes (lugar da memória): desenhar, dobrar (escolhendo o que será externo/visível e interno/invisível) e colar, construindo um objeto pequeno (05X05X05cm) e delicado (já muito conhecido, usado por crianças, jovens e adultos em brincadeiras e jogos), repleto de afeto e significado.

Os visitantes poderão deixar a miniatura/cubo nas prateleiras (junto com outros cubos, formando um grande empilhamento) ou levá-lo para casa para junta-lo a seus objetos pessoais.

LEIAM AS NOTICIAS SOBRE A EXPOSIÇÃO DE NINA MEDEIROS EM VIANA.

http://www.folhavitoria.com.br/social/helio-dorea/2012/9/21.html

http://www.folhavitoria.com.br/entretenimento/noticia/2012/09/viana-faz-aniversario-com-exposicao-cultural-de-artista-acoriana.html

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/09/cbn_vitoria/comentaristas/erik_oakes/1359088-olhar-estrangeiro-sobre-a-imigracao-acoriana-em-viana.html

Em sua primeira viagem a Viana, a artista presenciou uma festa do Divino, uma adaptação local, de ex-colônia, da festa religiosa que acontece anualmente nos Açores. Em Viana, a festa foi percebida em sua simplicidade e alegria. Além dos registros celebratórios na igreja da matriz vianense, Nina realizou um passeio panorâmico de trem através das regiões montanhosas. Nos intervalos entre passagens e paradas, registros de uma natureza exuberante foram parar numa outra série de pinturas pequenas, exibidas em sequência, como num filme.

Aberta a exposição “Viana, uma Visagem Açoriana”

A abertura contou com as presenças  da prefeita de Viana, Ângela Sias, da secretária de Cultura, Fabiene Passamani, do sub-secretário de Estado da Cultura, Erlon Paschoal, do gerente Institucional da Vale, Eugênio Fonseca e da curadora, Neusa Mendes. Convidados e funcionários da prefeitura estiveram no local prestigiando a mais uma mostra de cultura do município.

Para Ângela Sias, essa exposição fecha o ciclo de um trabalho voltado para a cultura vianense. “Trazer a Nina aqui foi uma grande desafio, afinal, não sabíamos se ela iria aceitar e nem conhecíamos o trabalho dela de perto. E ela chegou surpreendendo por sua vontade de trabalhar e de conhecer nossas origens. Participou com a gente da festa do Divino, pesquisou nossa cidade e nosso passado. É muito bom terminar esse projeto com um sucesso como este”, contou.

Neusa Mendes, idealizadora e curadora da exposição, não conteve a emoção. “Uma sensação de dever cumprindo. Buscar a Nina nos Açores e trazê-la para Viana ES, foi um dos grandes desafios para fechar com chave de ouro esse projeto.  Termina aqui a última etapa do nosso projeto e aproveito para agradecer aos nossos patrocinadores e apoiadores, Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, à Vale, Secult, Cesan e Instituto Sincades, bem como nossa equipe de trabalho, pois sem eles, nada disso seria possível.”, falou. Ela também não se esqueceu de agradecer a Prefeitura de Viana por todo o apoio. “A prefeita Ângela meus sinceros parabéns. Graças a você e a sua percepção delicada e apoio a cultura, conseguimos chegar até aqui. Você deixa um exemplo a ser seguido por muitos administradores municipais do nosso Estado: enxergar a cultura como importante instrumento de desenvolvimento para uma população.”, disse.

Já para a artista, essa exposição foi um desafio inovador em sua carreira, afinal, é a primeira vez que ela vem ao Brasil e ao Estado. “Quando me convidaram, já sabia que queria uma exposição mais liberal do que clássica e pesquisar, em loco, o lugar onde a gente vai expor ajuda a deixar a exposição mais rica. Espero que o público que goste e que eu tenha consigo atingir o meu objetivo, mostrar uma pouco da identidade de Viana que foi herdada dos Açores.”, finalizou Nina.

A exposição tem patrocínio da Lei de Incentivo a Cultura, Vale e Cesan. Parceria do Instituto Sincades, Empório Capixaba, Governo do Estado. Realização da Prefeitura de Viana e Ministério da Cultura.

Serviço
Projeto: Remembranças, Mas que Arte Cabe em uma Cidade?
Exposição: Viana, uma Visagem Açoriana
Data: 21 de setembro a 12 de dezembro
Horário: 9h as 18h, incluindo sábados, domingos e feriados
Local: A Galeria de Arte Casarão – Avenida Florentino Ávidos, Centro, Viana.
Responsável pelas visitas agendas: Carla
Telefone de informações e agendamento de visita: 3255-1346
Email: gac@viana.es.gov.br
ENTRADA FRANCA

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem