Nos dias 4 e 5 de maio, foram realizadas atividades relacionadas à exposição URU-KU – As Disciplinas Esquecidas, na Galeria de Arte Casarão em Viana, envolvendo os professores de Biologia, História e Artes da rede de ensino público municipal de Viana

 

 

Fotos Waldison

A exposição URU-KU – As Disciplinas Esquecidas, envolveu trinta e cinco professores da rede de ensino público municipal, sendo 10 de Biologia, 6 de História e 19 de Artes.

A atividade envolveu três etapas.

Inicialmente os professores foram recepcionados na Galeria Casarão e apresentados ao Programa de Residência Artística de curadoria de Neusa Mendes, iniciado em dezembro de 2010 com a exposição Silentio, de José Rufino, resultado da seleção do projeto [Re]invenção de uma cidade pelo Edital Nacional Arte e Patrimônio-2009. Neste momento foi destacado o aspecto fragmentário da geografia urbana de Viana que instigou a curadora do Programa a escolher este município como local para sua intervenção, visando, através das Artes Visuais, promover a interlocução entre moradores de bairros geograficamente afastados.

Em relação à exposição em cartaz foi apresentado o desafio feito à Josely de Carvalho de trabalhar um projeto de arte/olfativa, sob a curadoria de Kátia Canton, buscando trazer à tona cheiros que guardam as memórias do município de Viana. Também foi descrito o envolvimento da artista com as mulheres quilombolas de Araçatiba e jovens de Marcílio de Noronha, apresentados por Flávio Volponi Pereira Diretor do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos, com o apoio de Tânia Fraga do Centro de Referência de Assistência Social de Marcílio de Noronha. Uma breve narrativa sobre a história do quilombo de Araçatiba e a origem do bairro de Marcílio de Noronha deixou claro o desconhecimento por parte da grande maioria dos professores sobre suas peculiaridades.

Na segunda etapa, de visitação da exposição, os professores expressaram os sentimentos e sensações despertadas em cada um a partir dos módulos de URU-KU, As Disciplinas Esquecidas, e discutiram interlocuções possíveis de serem estabelecidas com seus alunos quando levados para visitá-los.

Para concluir foi projetado um data show sobre a trajetória artística de Josely de Carvalho. A partir dele foi desencadeado um debate sobre as temáticas abordadas pela artista (feminismo, violência urbana, guerras étnicas e civis, ofensivas militares empreendidas pelos EUA “contra o terror”, luto, morte, memória, destruição da natureza e de uma cultura por outra), e analisada sua produção artística. Durante toda a discussão foram ressaltadas possibilidades de se trabalhar de maneira interdisciplinar a partir da produção da artista.  

Na tarde de quinta-feira Wilberth Rodrigues, de Marcílio de Noronha, deu um depoimento sobre o envolvimento dos jovens deste bairro com a exposição. Explicitou o quanto o contato com Josely e o desafio que tiveram auxiliou em uma nova percepção do olfato. Ressaltou que o víde, integrante da exposição, produzido com a participação destes jovens, gerou um sentimento de acolhimento pelo grupo do bairro onde residem, fortalecendo os vínculos entre eles e a intensificação de seus encontros e atuação que frutificou na recente criação do cineclube Cine Via no bairro.

Os arquivos digitais produzidos pela curadoria pedagógica contendo textos sobre a produção de Josely de Carvalho e temas abordados em suas exposições, e o data show apresentado, foram disponibilizados para os professores.

O processo da oficina permitiu aos professores vivenciarem as potencialidades de sensibilização de seus alunos para diversas temáticas a partir da experienciação de exposições de artes visuais.

Célia Ribeiro

Curadora Pedagógica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s